Polícia Civil procura suspeito de matar homem em Dionísio Cerqueira
13/02/2020 07:09 em Segurança

A Polícia Civil procura um suspeito de matar um homem a tiros em um bar, às margens da BR-163, em Dionísio Cerqueira. O crime ocorreu em dezembro de 2019.

Com base nas investigações, a PC pediu a prisão de Maurício Rafael de Lucena, conhecido como “Galego”. O Poder Judiciário decretou a Prisão Preventiva do investigado, no entanto, ele segue foragido.

Segundo a Polícia Civil, o suspeito é da Paraíba e estava morando em Dionísio Cerqueira utilizando um nome falso. Ele teria utilizado nova identidade pelo fato de ser procurado por outro crime de homicídio ocorrido há cerca de 14 anos na cidade de Caicó, estado do Rio Grande do Norte.

Segundo o Inquérito Policial, o homicídio em função de uma discussão motivada por uma rivalidade de futebol em um restaurante situado na área central da cidade de Dionísio Cerqueira, entre o suspeito e a vítima. Na ocasião, a vítima teria agredido o suspeito.

Relembre o caso

No dia 28 de dezembro de 2019, em um bar localizado às margens da BR-163, um homem de 48 anos foi morto logo após ser alvejado por disparos de arma de fogo efetuados pelo suspeito que compareceu no local com um veículo sedan de cor prata. Em seguida, o suspeito fugiu.

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito usou a certidão de nascimento de um familiar para obter documento de identidade ideologicamente falso no Estado de Santa Catarina, para não ser preso decorrente do homicídio no Rio Grande do Norte.

Denuncie

A Polícia Civil pede apoio da população para conseguir informações que possam levar ao paradeiro e prisão do suspeito. Quem tiver informações, pode ligar para o Disque Denúncia- 181, para a delegacia de Polícia de Fronteira de Dionísio Cerqueira, telefone (49) 3644-1093; WhatsApp para denúncias: (49) 3644-1093; e-mail  dpdionosiocerqueira@pc.sc.gov.br ou para a Polícia Militar - 190

A investigação conduzida pela da Delegacia de Dionísio Cerqueira contou o apoio do Centro Integrado de Operações da Fronteira da Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública, da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Civil do Paraná (Instituto de Identificação), Polícia Científica do Paraná, Polícia Civil do Rio Grande do Norte, Polícia Civil da Paraíba, Polícia Militar de São Paulo, bem como da CGCCO (Coordenação Geral de Combate ao Crime Organizado) e conseguiu identificar o autor do homicídio em Dionísio Cerqueira,  assim como na descoberta do mandado de prisão em aberto desde o ano de 2005 na cidade de Caicó (RN) decorrente de outro homicídio.

Sua empresa em destaque, Informações só clicar aqui

Notícias em um Click: Só Clicar aqui

Nosso Instragam: Clique Aqui

COMENTÁRIOS
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE